O que fazer para nao gozar rápido

Às vezes, quando faço sexo com minha namorada, gozo rápido demais. Como posso fazer para não gozar rápido? Eu odeio quando isso acontece!

Em algum momento da vida, a maioria dos homens experimenta a ejaculação precoce, o que significa que eles ejaculam muito cedo, antes de quererem.

Isso ocorro, quando o homem não conseguem controlar sua resposta ao estímulo que desencadeia a ejaculação. Isso também é chamado de ejaculação precoce.

Acredita-se que 35% dos homens jovens experimentam a ejaculação precoce com tanta frequência que a consideram um problema.

Estar muito animado, com medo, ansioso sobre sexo, usar álcool e drogas e depressão podem fazer você gozar rápido.

A comunicação aberta com sua parceira (o) sobre gostos e desgostos, e prestar atenção à sensação, para retardar o processo de chegar ao ponto de inevitabilidade ejaculatória, pode ajudar os homens a retardar a ejaculação.

Tipos de ejaculação precoce

Existem dois tipos de ejaculação precoce:

  • ejaculação precoce primária – onde você sempre teve o problema
  • ejaculação precoce secundária (ou “ejaculação precoce adquirida”) – onde você desenvolveu recentemente o problema

As causas da ejaculação precoce primária são muitas vezes psicológicas, como ter uma experiência sexual traumática . A ejaculação precoce secundária pode ser causada por fatores psicológicos e físicos. Causas físicas podem incluir beber muito álcool e  inflamação da próstata (prostatite) .

Exercício que você pode fazer para não gozar rápido

Homens que buscam terapia sexual para a ejaculação precoce aprendem a “técnica do aperto”.

O parceiro leva o homem à ereção, mas aperta o pênis logo abaixo da glande com o polegar e o indicador logo antes do momento em que a ejaculação se tornaria inevitável.

O parceiro aplica pressão até que a ereção seja reduzida em 10 a 30 por cento. O pênis é liberado por cerca de 30 segundos antes de ser levado à ereção novamente. Este procedimento é repetido até que o homem possa aguentar de 15-20 minutos antes de ejacular.

Camisinha para ajudar você a não gozar rápido

O uso de preservativos também pode reduzir a ejaculação precoce.

Alguns homens experimentaram preservativos com retardador.

Estes preservativos são revestidos com um anestésico suave no interior que dessensibiliza o pênis e ajuda o homem e não gozar rápido demais.

Gel para não gozar rápido

O uso de cremes anestésicos como lidocaína ou creme de prilocaína pode ajudar, tornando o seu pênis menos sensível. Combinar um creme anestésico com um preservativo pode ser particularmente eficaz.

O melhor gel para não gozar rápido é o LibidGel, produto que ajuda a controlar a ejaculação precoce, além de proporcionar um aumento do pênis, graças a sua função vasodilatadora.

LibidGel, um produto desenvolvido para intensificar o prazer do homem durante o sexo.

O LibidGel foi desenvolvido para ajudar homens com problemas de impotência sexual, mas também ajuda a controlar a ejaculação precoce, evitando que você queime a largada e goze rápido demais.

Sendo um produto 100% natural, não possui contra-indicações, qualquer homem pode fazer uso sem se preocupar com efeitos colaterais.

Quanto tempo dura o efeito do Viagra (Azulzinho)?

Esta pensando em usar o Viagra (Azulzinho), mas gostaria de saber quanto tempo dura seu efeito no corpo?

Muitos homens têm medo de broxar na hora H com uma garota especial. Por este motivo, muitos acabam fazendo uso de medicamentos para disfunção erétil, como Viagra (Azulzinho) para não falharem na hora de transar.

Quanto tempo dura o efeito do Viagra (Azulzinho)?

O tempo de duração desse medicamento é muito relativo, pois depende de alguns físicos e psicológicos.

Em média, seu efeito é de 4 a 6 horas, mas esse período pode variar muito, dependendo do seu estado físico e mental.

Alguns homens sofrem com problemas de saúde, como diabetes e pressão alta, doenças que sabemos que interfere na circulação sanguínea. Se este for o seu caso, recomendo que procure um medica antes de fazer uso do Viagra, pois o resultado com o uso do medicamento pode não ser satisfatório e seu tempo de atuação pode ser curto.

Já em homens com baixa estima baixa, depressão, falta de libido, o Viagra pode não surtir o efeito desejado.

Devemos lembrar que a função do Viagra no nosso corpo é melhorar a circulação sanguínea, principalmente no órgão sexual masculino. Porem, o mesmo não te deixar excitado, você precisa ter libido e desejo pela outra pessoa para ter uma ereção, o Viagra vai ajudar você a manter essa ereção por mais tempo.

Como tomar o Viagra no tempo certo?

Agora que você já sabe quanto tempo dura o efeito do Viagra no seu corpo, você deve saber como tomá-lo para obter os melhores resultados!

O Viagra é um medicamento que age rápido no nosso corpo, você pode tomá-lo 30 minutos antes da relação sexual. Esse período de 30 minutos será o suficiente para que o seu corpo absorva o medicamento e faça efeito.

Efeitos colaterais do Viagra

Como falamos acima, os efeitos do Viagra no corpo, pode varia de pessoa para pessoa, dependendo da sua condição física.

Em algumas pessoas, o medicamento pode apresentar efeitos colaterais fortes, como os que vamos mostrar abaixo:

  • Prurido (Coceira) no corpo;
  • Dificuldade para respirar;
  • Pode causar inchaço no corpo;
  • Palpitações, e uma leve sensação de pressão no peito;
  • Náuseas e vomito;
  • Visão turva;
  • Alteração auditiva;
  • Desconforte durando o ato sexual;
  • Ereção por um período muito prolongado, que pode causar dores e desconforte;
  • Fortes dores de cabeça;

Como minimizar os efeitos colaterais do Viagra?

Para não sofrer com os efeitos colaterais que acabamos de listar acima, você deve seguir algumas recomendações, são elas:

Não tome o Viagra junto com alimentos, principalmente os gordurosos, para não atrapalhar na absorção do medicamento.

Não faça uso de outros medicamentos enquanto estiver tomando o Viagra. Caso você faça uso de algum medicamento, consulte um medico antes para saber quais riscos você corre ao combinar o Viagra com a medicação que usa atualmente.

Não ultrapasse a dosagem recomendada de 100mg por dia. Ultrapassar essa dosagem não vai fazer os efeitos do Viagra aumentar, nem vai prolongar sua ereção por mais tempo, só vai aumentar os efeitos colaterais que você terá.

Azulzinho (Viagra) Remédio Para Disfunção Erétil

Azulzinho (Viagra) é o melhor medicamento indicado para ajudar homens que sofrem com a disfunção erétil.

Veja neste artigo tudo que você precisa saber sobre o azulzinho, como funciona, como tomar, qual seu preço, quanto tempo seu efeito dura e muito mais!

A primeira opção, na maioria das vezes, é o popular “azulzinho”, ou seja, o Viagra (Sildenafil – nome científico).

O medicamento é um estimulante sexual capaz de aumentar o libido e garantir ereções muito mais duradouras.

E, apesar de muitos associarem o medicamento a algo antigo – Talvez por ser muito utilizado por idosos – ele foi lançado mesmo em 1998 pela Pfuzer.

Não é preciso dizer que ele causou um alvoroço no mercado assim que foi disponibilizado em farmácias do mundo todo não é?

De acordo com dados da Food and Drug Administration (FDA) somente nos Estados Unidos, já foram 65 milhões de prescrições do Viagra original.

Com o passar dos anos, outras farmacêuticas passaram a fabricar e comercializar suas versões do Viagra, aumentando a concorrência e proporcionando aos usuários uma alternativa ao azulzinho, que já foi alvo de muitas polêmicas – principalmente devido à casos de infarto envolvendo o uso.

Mesmo assim, são muitos os homens que recorrem a essa “ajuda”. E, se você quer saber mais sobre como ele funciona, veja no próximo tópico.

Como surgiu o “azulzinho”?

Pois bem, no início de tudo o viagra não foi produzido com a intenção de tratar a disfunção erétil, portanto, pode-se dizer que ele foi um “achado dos tempos modernos”.

Inicialmente ele havia sido criado para tratar angina (um problema na artéria) em homens e mulheres.

Mas, com o passar do tempo e o uso contínuo, homens usuários se atentaram ao fato de suas ereções se tornarem mais duradouras após utilizar a tal substância , o Sildenafil.

E, foi daí, que surgiu a curiosidade dos laboratórios em testar o medicamento para esse fim específico.

Dessa forma, foi descoberta as ações do Viagra para esse fim.

Não demorou muito para várias ações de marketing em torno do medicamento promovê-lo como a “cura” para a disfunção erétil.

Pois, com o fluxo de sangue maior na região genital, os homens podiam ter resultados surpreendentes na cama.

Mas, não pense você que é simplesmente sair ingerindo o medicamento. Ele ainda possui muitas contra indicações.

Consulte um médico antes, caso perceba que sua vida sexual já não é mais a mesma. Só assim você irá obter e manter o diagnóstico preciso.

Quais os efeitos colaterais do Azulzinho?

Os Efeitos do azulzinho podem simplesmente mudar a vida sexual de um homem como em um passe de mágica!

Com o uso do Viagra (azulzinho), você aumenta o fluxo de sangue para o pênis, quando existe um estímulo sexual e excitação.

Portanto, vale lembrar que que ele não gera ereções indesejadas, é preciso sempre um estímulo. O que quebra aquele mito de que se você ingerir tem ereção automaticamente.

O efeito varia conforme a dose que você esta tomando. Normalmente se encontra Viagra de 25 mg a 100 mg em cada comprimido.

A dosagem correta, apenas um médico pode indicar para casa pessoa.

Se você esta fazendo uso do medicamento sem acompanhamento médico, o ideal é começar com 25 mg e ir aumentar caso não obtenha o efeito esperado. No entanto, não é recomendado tomar doses acima 100 mg diários, para não ter complicações.

Sendo assim, se o indicado para você for 50 mg, por exemplo, você só pode tomar no máximo dois comprimidos por dia. E, somente se a primeira dose não funcionar.

Quanto tempo dura o efeito do azulzinho?

O efeito do azulzinho no corpo da pessoa vai depender muito do organismo de quem esta usando o produto. Em media seu efeito tem duração de 4 a 6 horas. Em alguns casos, o efeito do medicamento pode se estender por até 12 horas.

Mas não se preocupe, você não ficará com o pênis ereto durando todo esse período, o que o medicamento vai fazer é facilitar a ereção durante esse período em que seu corpo ainda estiver sobre efeito do azulzinho.

Como tomar o azulzinho?

O azulzinho é uma remédio perigoso que não pode ser ingerido em demasia sem indicação médica. De acordo com os médicos, não se deve ingerir mais de 100mg por dia do medicamento, pois a partir dessa dosagem, você poderá ter efeitos colaterais graves.

Sabendo que você não deve ultrapassar a dosagem de 100mg dia, você agora só precisa saber como tomar o azulzinho!

A recomendação é que você ingira o medicamento 30 minutos antes da relação sexual com sua parceira(o). Nesse período o medicamento terá tempo para ser absorvido pelo organismos.

Preço do azulzinho

O azulzinho é vendido em farmácias em quantidades e concentrações diferentes, o que varia muito seu preço no mercado.

Você pode encontrar cartelas de azulzinho com apenas 1 comprimido com baixa concentração por R$1,59. Também o pode comprar azulzinho a preço de R$ 65,15 em caixas com 4 comprimidos e mais concentração.

Contraindicações: Quando você não deve usar o “azulzinho”?

O “azulzinho” apresenta alguns efeitos colaterais como, por exemplo, o aumento da pressão arterial.

A Pfizer (fabricante), na bula, recomenda que ele não seja ingerido por pessoas que apresente hipertensão, problemas ou histórico de doenças cardiovasculares na família.

Quem apresenta os problemas que serão listados abaixo, também não é recomendado a ingestão. Confira:

  • Doentes de saúde graves relacionadas ao coração ou fígado;
  • Pessoas que já tiveram derrame;
  • Homens com problema de pressão baixa;
  • Pessoa que esteja fazendo uso de qualquer medicação que contenha óxido nítrico, nitratos ou nitritos.

Também não se recomenda o uso de nitroglicerina e outros nitratos para pacientes que tomam Viagra.

Para estes, a pressão pode baixar consideravelmente, aumentando o risco de ataque cardíaco e AVC.

Nesse caso, o que se recomenda é procurar outras fórmulas e medicamentos para que a disfunção erétil seja tratada com eficácia e sem pôr em risco a sua saúde.

Viagra – Como Funciona, Efeitos Colaterais e Como Tomar

O Viagra Masculino é um medicamento desenvolvido para ajudar os homens com disfunção erétil. Veja  seguir como este medicamento funciona, guais sãos seus efeitos colaterais e como tomar.

O Viagra funciona aumentando o fluxo sanguíneo para o pênis para promover maior rigidez a uma ereção mais forte, com a capacidade de manter esse nível de rigidez por até 1 hora.

É importante saber que ao tomar o Viagra você não terá a garantia de uma ereção, por o medicamento só funciona quando existe estimulo sexual e a droga apenas aumentará uma já existente.

Viagra genérico Vs Viagra Original 

Viagra genérico é uma alternativa viável para a marca Viagra para homens que estão tentando superar a disfunção erétil.

É relatado para ter quase o mesmo nível de eficácia que os comprimidos de marca, e o apelo do Viagra genérico é que, é claro, tem preço mais baixo e pode ser adquirido com a mesma receita para o Viagra que você recebe do seu médico.

As mesmas diretrizes de uso e práticas seguras aplicam-se ao Viagra genérico da mesma forma que o medicamento de marca

Cuidados ao tomar Viagra

A grande maioria dos homens querem comprar o Viagra on-line sem ter a receita médica, e isso trazer certas complicações para saúde, pois por se tratar de uma medicação, seu uso sem acompanhamento pode ser prejudicial em certas circunstancias.

Tome Viagra exatamente como prescrito pelo seu médico. A dose correta para cada paciente dependerá de sua condição e resposta ao medicamento.

Recomenda-se que a dose diária de Viagra seja feita cerca de uma hora antes da relações sexuais. Tome o comprimido inteiro com um copo de água e, antes de comprar Viagra, esteja ciente de que tomar mais do que uma dose por dia é desaconselhável, pois aumenta muito o risco de pressão arterial gravemente baixa.

Também esteja ciente de que Viagra pode levar um tempo para fazer efeito, isso vai varia de pessoa para pessoa. Normalmente, leva entre 30 minutos a 1 hora, e isso também serve para o Viagra genérico.

Você pode notar que a medicação demora mais para funcionar após uma refeição pesada. O Viagra entra em efeito mais rapidamente quando tomado com o estômago vazio.

Como tomar o Viagra

O Viagra pode ser tomado com ou sem alimentos. De preferencia SEM!

A dose recomendada para a maioria dos homens é uma dose de 50mg aproximadamente 1 hora antes da relação sexual. Alguns notarão que podem tomá-lo 30 minutos antes do sexo e que ele terá efeito a tempo, enquanto outros descobrirão que é melhor tomá-lo até 4 horas antes do sexo.

A dose pode ser aumentada para 100 mg ou diminuída para 25 mg, dependendo de como seu corpo responder ao medicamento e com base nas recomendações do seu médico.

A dose máxima é de uma vez por dia, e informações mais detalhadas sobre a dosagem podem ser encontrada na bula do Viagra impressas que vem junto com a medicação.

Quem não pode tomar Viagra?

O VIAGRA pode não ser adequado para alguns homens e, na maioria das vezes, porque certas condições médicas impedem que o indivíduo consiga tomar este medicamento. Os pacientes devem discutir as seguintes condições médicas com o seu profissional de saúde antes de tomar Viagra de marca ou genérico. Esteja ciente antes de comprar o Viagra, pois pode ser necessário discutir qualquer uma das seguintes condições médicas:

  • Se estiver tomando algum medicamento de nitrato
  • Caso seja portador do vírus do HIV / AIDS
  • Arritmia cardíaca
  • Doença arterial coronariana
  • Ataque cardíaco, derrame ou uma história de problemas cardíacos
  • Hipertensão arterial / baixa pressão arterial
  • Anormalidades penianas, incluindo pênis curvado e / ou defeitos congênitos
  • Problemas de sangramento
  • Retinite pigmentosa
  • Condições que deixam o sangue espesso ou fluxo sanguíneo mais lento, incluindo leucemia, mieloma múltiplo (tumores da medula óssea ou policitemia), doença falciforme e trombocitemia (problemas no sangue)
  • Priapismo
  • Doenças cardíacas ou sanguíneas
  • Problemas renais graves ou problemas no fígado

Cuidado – sob nenhuma circunstância os homens devem aumentar sua dose sem consultar seu médico.

Efeitos colaterais do Viagra

Embora o Viagra ajude a maioria dos pacientes a corrigir seus problemas de disfunção erétil, existe a possibilidade de ocorrer efeitos colaterais indesejados ao tomá-lo.

Todos os remédios têm uma possibilidade de efeitos colaterais e o Viagra não é uma exceção. A maioria é pequena e temporária, mas algumas podem ser graves e requerem atenção médica. Fale com o seu médico ou outro profissional de saúde de confiança imediatamente se não se sentir bem com o Viagra.

Efeitos colaterais comuns e menos comuns são:

  • Dor de cabeça
  • Congestão nasal
  • Desconforto no estômago após as refeições
  • Visão anormal (visão turva, ver tons de cores diferentes do que antes, ou sensibilidade à luz)
  • Dor na bexiga
  • Urina turva ou com sangue
  • Tontura
  • Aumento da micção ou dor durante a micção
  • Diarreia
  • Sangramento do olho
  • Convulsões
  • Diminuição ou visão dupla, ou em casos extremos, cegueira
  • Uma tonalidade azul à sua visão
  • Ereção prolongada, dolorosa ou inadequada do pênis (priapismo)
  • Vermelhidão, ardor ou inchaço dos olhos
  • Ansiedade

Outros medicamentos podem alterar os efeitos do Viagra, e o uso de certas outras drogas durante o uso não é recomendado. Essas interações medicamentosas potenciais serão detalhadas na bula da medicação fornecida com a droga.

Quando usado apropriadamente, o Viagra é um meio seguro e eficaz de tratar a disfunção erétil nos homens. Antes de tomar este medicamento, não deixe de consultar o seu médico ou profissional de saúde para confirmar se é certo para você.

Cialis: O que é e quem pode usá-lo?

Cialis é uma medicação utilizada por homens para tratar problemas relacionadas a disfunção erétil. O Cialis é um inibidor da fosfodiesterase tipo 5 (PDE5), substancia que promove o aumentar do fluxo sanguíneo para pênis durante a relação sexual.

O uso de Cialis em si, não promove a excitação sexual, apenas melhora o fluxo de sangue para região, sendo necessária que haja desejo sexual da parte do homem par que  alcançar e manter uma ereção por mais tempo.

Como o Cialis funciona?

O Cialis funciona relaxando os músculos e aumentando o fluxo sanguíneo para áreas específicas do corpo para o pênis, promovendo a ereção. CIALIS pode fornecer efeitos duradouros por até 36 horas em homens.

Como tomar o Cialis

Como o Cialis é vendido sem receita medica em farmácias, você deve tomar muito cuidado com a sua dosagem. deva abaixo, como tomar o Cialis da forma correta.

  • O Cialis medicamento via oral que pode ser ingerido com ou sem alimentos.
  • O indicado pela fabricante é que você tome o Cialis 30 minutos antes da relação sexual. Seu efeito pode durar  até 36 horas.
  • Uso diário do Cialis: Quem faz uso diário do  Cialis deve se atentar a dosagem e ao horário, que deve ser a mesma hora todos os dias.

Quais são as dosagens do Cialis?

  • A dosagem recomendada de Cialis para homens com disfunção erétil é de 10 mg por dia, sendo administrada 39 minutos antes da atividade sexual.
  • A dosagem do Cialis pode ser de 20 mg ou 5 mg, isso vai depender da eficácia e sensibilidade de cada individuo a droga. Nunca tome mais de um dose do medicamento por dia, pois seu tempo de vida no organismo é de 36 horas.
  • Se for a primeira vez que esta tendo contato com esta troca, é interessante tomar o Cialis apenas uma vez por dia e uma dosagem de de 2,5 mg.
  • Em casos dose de uso diária do Cialis, você deve tomar dose única de 2.5 mg que ser aumentada para 5 mg, com base nos resultados obtidos.

Antes de fazer uso do Cialis seria interessante perguntar, visitar um médico para tirar qualquer dúvida que possa ter sobre como usar o Cialis.

Todos os medicamentos podem causar efeitos colaterais, mas muitas pessoas não têm efeitos colaterais menores.

Verifique com seu médico se algum desses efeitos colaterais mais comuns persistir ou se tornar incômodo:

Tontura; rubor; dor de cabeça; azia; dor leve nas costas ou nos músculos; dor de estômago; nariz entupido ou escorrendo.

Afeitos colateriais do Cialis

Procure atendimento médico imediatamente se algum destes efeitos colaterais graves ocorrer:

  • Reações alérgicas graves (erupção cutânea; urticária; comichão;
  • dificuldade em respirar;
  • aperto no peito;
  • inchaço da boca, face, lábios ou língua);
  • dor no peito;
  • desmaio;
  • pulsação rápida ou irregular;
  • perda de memória;
  • dormência de um braço ou perna;
  • fraqueza unilateral;
  • ereção prolongada e dolorosa;
  • pele vermelha, inchada, com bolhas ou descamação;
  • zumbido nos ouvidos;
  • convulsões;
  • dor nas costas ou muscular severa ou persistente;
  • tontura grave ou persistente;
  • alterações visuais graves ou persistentes;
  • diminuição súbita ou perda de audição;
  • diminuição repentina ou perda de visão em um ou ambos os olhos;

Esta não é uma lista completa de todos os efeitos colaterais do cialis. Se você tiver dúvidas sobre os efeitos colaterais, entre em contato com seu médico.

MAIS INFORMAÇÕES:

Ingrediente Ativo: Tadalafil.

Ingredientes inativos: Croscarmelose sódica, hidroxipropilcelulose, hipromelose, óxido de ferro, lactose mono-hidratada, estearato de magnésio, celulose microcristalina, lauril sulfato de sódio, talco, dióxido de titânio e triacetina.

Taramaster – Melhore Sua Ereção Com Este Produto

Esta precisando de uma ajudinha para melhorar seu desempenho sexual?

Conheça o Taramaster, um produto 100% natural que vai promover uma ereção mais forte e duradoura, proporcionando o máximo de prazer para você e sua parceira!

O que é o Taramaster?

Taramaster é um produto desenvolvido para melhorar o desempenho de sexual masculino. Sua composição contém produtos 100% naturais e seguros e garantem uma ereção mais forte e duradoura durante o ato sexual.

Por se tratar de um produto a base de extratos naturais, o Taramaster pode ser utilizado por qualquer homem, sem oferecer riscos a saúde e sem precisar de receita medica para comprar.

Como o Taramaster funciona?

Antes de tudo, você precisa entender como a ereção funciona.

O pênis é formado por corpos cavernosos, que se enchem de sangue quando você fica excitado e promove a ereção.

Para que uma ereção completa ocorra, esses corpos cavernosos precisam estar saudáveis, para facilitar a passagem do sangue a promover uma ereção forte.

É neste ponto que o Testomarster entra em ação. Sua formulação age em 4 frentes importantes para uma ereção completa e duradoura, são eles:

  • Saúde dos corpos cavernosos do pênis

Os ativos do Testomaster promovem o aumento da irrigação sanguínea, para preencher os corpos cavernosos do pênis, promovendo uma ereção mais intensa e duradoura. Seu pênis ficará cheio de veias aparentes.

  • Equilíbrio hormonal

Parte de sua composição é de extratos naturais que promove a produção de testosterona, hormônio responsável pela libido masculino.

  • Regeneração das células do pênis

Por ser rico em antioxidantes, o Taramaster promove a recuperação das células do pênis com mais rapidez.

  • Fornece energia e mais disposição  

O Taramaster é rico em extratos que dão mais energia para você aproveitar ao máximo sua noite de sexo com sua parceira ou parceiro.

Ingredientes do Testomaster

O Testomaster é composto por 4 ingredientes naturais que podem ser consumidos por qualquer pessoa. São eles:

  • Solanum Sessiliflorum

Fruta afrodisíaca da Amazônia que melhora a circulação sanguínea e promove a produção de testosterona.

  • Theovroma Cacao

Poderoso energético e rico em antioxidantes que promove a recuperação celular.

  • Paullíne Cupana

Estimulante da testosterona que aumenta o apetite sexual masculino.

  • Euterpe Oleracea

Ingrediente que promove um fluxo maior de sangue para expansão dos corpos cavernosos, garantindo uma ereção mais forte.

Como tomar o Taramaster?

Para obter um melhor desempenho, você deve tomar uma cápsula de Taramaster antes da relação sexual.

Esse pílula vai lhe garantir um efeito impressionantes e você vai desfrutar de uma ereção forte e prazerosa.

Onde comprar o Taramaster?

O Taramaster só é vendido do site oficial do seu Fabricante. Para adquirir o seu, clique no link abaixo e visite a pagina do produto. Aproveite para ler mais sobre os seus benefícios e tirar todas as suas duvidas.

Viagra Citrato de Sildenafila – O que é, usos e efeitos colaterais

Viagra (nome comercial Sildenafila) é usado para tratar casos de disfunção erétil.

Viagra Citrato de Sildenafila

Disfunções sexuais masculinas são uma das principais preocupações e razões para visitas nos consultórios de médicos, psicólogos e terapeutas sexuais. Embora em muitos casos exista um forte componente cognitivo que deve ser tratado pela terapia psicológica, alguns medicamentos podem ajudar a reduzir os sintomas e desfrutar de mais relações sexuais.

Sem dúvida, uma das drogas mais conhecidas e polêmicas que foi uma verdadeira revolução na época de seu lançamento foi o Viagra, que é usado para tratar os sintomas da disfunção erétil e permitir uma ereção.

Vamos falar neste artigo sobre o que é o Viagra ou o sildenafila e quais são os principais efeitos terapêuticos e efeitos colaterais que estão associados ao seu consumo.

O que é viagra?

O Viagra é uma droga bem conhecida e usada principalmente no tratamento dos sintomas físicos da disfunção erétil. Também comercializado sob o nome genérico de sildenafila (ou sildenafila), esta droga também é administrada no tratamento da hipertensão arterial pulmonar.

No início, o sildenafila foi concebido como um tratamento para doenças cardiovasculares, mas depois de observar seus efeitos benéficos sobre a disfunção erétil, tornou-se mundialmente famoso. A partir de 1998, as famosas “pílulas azuis” tornaram-se a droga mais exigida pelos homens que sofriam de disfunção erétil, sendo seus principais concorrentes Cialis (tadalafil) e Levitra (vardenafil).

No caso do Viagra como tratamento para a hipertensão arterial pulmonar, foi demonstrado que o sidenaphyl melhora alguns marcadores e sintomas desta doença. No entanto, não parece reduzir sintomas graves ou influenciar o risco de morte.

Atualmente, o Viagra só pode ser (e deve ser) comprado com receita médica a um preço não excessivo. O profissional médico fará uma avaliação do problema do paciente para ajustar as doses às necessidades específicas.

Sildenafila e disfunção erétil

A disfunção erétil é um tipo de disfunção sexual masculina que envolve dificuldades ou impossibilidade de obter uma ereção, mesmo que a estimulação sexual seja apropriada. Isso acontece quando o fluxo de sangue que entra no pênis é insuficiente , o que torna a ereção impossível.

Este tipo de disfunção é um dos mais comuns na população masculina, especialmente após os 50 anos de idade – e é por isso que podemos dizer que a idade é um fator de risco muito importante. A disfunção erétil pode aparecer recorrentemente em cada um dos relacionamentos sexuais ou apenas ocasionalmente.

Em relação às suas causas, esta condição pode ter uma base psicológica ou ser causada por outra condição física ou doença ou ser, por outro lado, um efeito colateral de outro tratamento farmacológico.

Independentemente das causas, o tratamento com medicamentos específicos, como o Viagra, pode ajudar a reduzir os sintomas físicos dessa disfunção e os sintomas psicológicos associados à percepção de uma melhora no desempenho sexual.

Como esse medicamento funciona?

Viagra funciona aumentando o fluxo sanguíneo que entra no pênis para que ele possa obter e manter uma ereção forte o suficiente para ter um sexo completo e satisfatório.

Embora os efeitos específicos dessa marca de sildenafila possam variar entre as pessoas que a consomem, foi demonstrado que o Viagra é eficaz em todos os graus de disfunção erétil.

O mecanismo de ação do Viagra requer que seja ingerido em momentos específicos em que o homem precisa dele. A razão é que os efeitos do sildenafila só aparecem se houver estimulação sexual , por isso é inútil tomá-lo em outros momentos.

Isso quebra a crença de que o consumo de um comprimido de Viagra leva irremediavelmente a uma ereção, independentemente do contexto: como dizemos, é necessário que o homem seja sexualmente estimulado para que o Viagra possa ter efeito.

Os efeitos do Viagra geralmente aparecem após 30 a 60 minutos de consumo. No entanto, pode ser administrado até 4 horas antes da atividade sexual, gerando exatamente os mesmos efeitos.

Uma vez que o relacionamento sexual acabou, se o homem atingiu o orgasmo e ejaculou, a ereção deve desaparecer naturalmente. No entanto, existe a rara possibilidade de uma ereção que é muito longa duração. Se a ereção permanecer por mais de 4 horas, recomenda-se procurar ajuda médica para evitar possíveis lesões.

Quais efeitos colaterais tem?

Embora, via de regra, o Viagra seja uma droga segura, se as indicações médicas forem seguidas , como em todas as drogas, existe a possibilidade de que uma série de efeitos colaterais indesejados possa aparecer. Os principais efeitos colaterais do Viagra incluem:

  • Dor de cabeça
  • Congestionamento nasal
  • Problemas de visão
  • Sensibilidade à luz
  • Problemas de digestão

Além disso, existem outros efeitos secundários mais graves, mas muito menos frequentes . Pessoas com condições especiais de saúde, como doenças cardíacas, pressão alta, diabetes mellitus, colesterol ou problemas oculares pré-existentes correm maior risco de desenvolver os seguintes efeitos colaterais:

  • Ereção dolorosa e duradoura (priapismo)
  • Neuropatia óptica isquêmica anterior
  • Danos ao nervo óptico
  • Ataque cardíaco ( infarto agudo do miocárdio )
  • Perda auditiva temporária
  • Perda súbita e temporária da visão
  • Aumento da pressão intra-ocular
  • Arritmia ventricular

Interações e contra-indicações do consumo de Viagra

Devido às possíveis interações e efeitos adversos que o consumo de Viagra pode causar quando administrado em conjunto com outras drogas ou em pessoas que têm determinadas condições de saúde específicas, é desencorajado levar este medicamento a pessoas nas seguintes circunstâncias :

  • Tratamento com nitratos
  • Homens que são recomendados para abstinência sexual devido a fatores de risco cardiovascular
  • Insuficiência hepática grave
  • Doença renal
  • Pressão arterial baixa
  • História de ataque cardíaco recente ou acidente vascular cerebral
  • Desordens degenerativas hereditárias da retina